Passaporte de Campo Grande MS; veja o resultado

Com 62 animais sendo avaliados em pista durante os dias 12 e 13 de abril, Campo Grande mostrou o seu potencial expansionista. Não é à toa que só em 2018 o Mato Grosso do Sul se destacou como a região de maior crescimento em número de animais registrados: 7%, o dobro da média nacional do mesmo ano. Hoje o Estado conta com aproximadamente 400 proprietários e mais de 100 estabelecimentos distribuídos ao longo do território sul-mato-grossense. O evento contou a avaliação de Thiago Persici e a supervisão técnica de Rafael Sant’Anna.

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Mato Grosso do Sul (NCCCMS), reativado desde 2013 classifica, desde então, o número máximo de competidores que saem da pista do Parque Laucídio Coelho para a Expointer. Na sétima Passaporte organizada pelo Núcleo, a evolução dos eventos é evidente. Para Anna Lucia Coelho Paiva, presidente do NCCCMS, um dos maiores desafios para a realização da prova é conseguir a quantidade suficiente de animais inscritos. “Apesar da dificuldade, temos conseguido atrair muitos participantes para a nossa Passaporte”, conta Anna. Além de ser uma região central, que logisticamente facilita a locomoção dos animais, a receptividade é outro atrativo para quem participa. Este ano expositores de seis estados diferentes estiveram presentes: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.

Outro destaque da prova foi a quantidade de exemplares próprios do Estado. “No início a maioria dos animais que participavam das exposições eram comprados de outros lugares, e hoje está aumentando cada vez mais a quantidade de cavalos nascidos e criados aqui que estão levando premiação para casa. O que nós queremos é ter o Crioulo do Mato Grosso do Sul representando a expansão da raça”, explica a presidente. A região é conhecida pelo forte trabalho no setor agropecuário, onde o Cavalo Crioulo também tem se sobressaído pela sua força e rusticidade.

Planos em ação

A quarta Passaporte do Ciclo 2019 marcou o rumo das novas ações da Diretoria da ABCCC. A consolidação do atendimento aos núcleos é um dos focos da nova gestão. De acordo com o presidente Francisco Kessler Fleck, a ênfase no trabalho dos núcleos fortalece a associação em esfera nacional: “O resultado visto hoje é fruto da força e da união do NCCCMS. Estamos direcionando grande atenção aos núcleos porque acreditamos que estes associados organizados localmente são fortalecedores da raça”, afirma. O presidente também comenta que a fácil adaptação do Crioulo é um dos fatores que tem tornado o cavalo um novo “personagem” no trabalho de campo da região. “Depois de alguém ter tido a experiência de lidar com um Cavalo Crioulo, as pessoas acabam querendo investir na raça”, completa.

Frutos do julgamento

Os criadores locais vêm investindo em genética e melhorando sua criação ao longo dos últimos anos. A orientação sobre o uso da biotécnica de reprodução é fruto do trabalho de representantes da ABCCC que atuam nas regiões de expansão. Lucas Lau, um dos analistas de expansão da raça, salienta que a manada desses criadores melhorou muito em qualidade e quantidade. “Hoje já temos criadores que fizeram a primeira transferência de embrião no Mato Grosso do Sul. A vinda do Freio de Ouro será mais um balizador que irá incrementar na evolução genética do centro-oeste”, explica Lucas.

Elogiado pela clareza nos argumentos de avaliação durante a prova, Thiago Persici trouxe a sua experiência técnica para agregar o cenário de criação local. “Campo Grande é um dos focos de expansão da raça no Centro-oeste. Se o Crioulo se fortalecer aqui, a possibilidade de ganhar o resto do país – o Norte sobretudo – aumenta muito. Eu sempre percebi uma grande migração de animais do sul para participar em eventos nesta região. O que vimos nestes dois dias foi diferente, a maioria dos animais presentes era de Mato Grosso do Sul. Isso mostra uma evolução regional e uma visão geral do que está se criando aqui”, comenta o jurado.

Campo Grande também será palco de duas provas do ciclo do Freio de Ouro. No final do mês de abril acontece a primeira Credenciadora e em julho, entre os dias 4 e 7, a primeira Classificatória sediada no estado.

Confira o resultado (ainda não homologado pela ABCCC):

FÊMEAS

Grande Campeã
JERRA DO MAKO, RP 380, B513675, NMGC 7, 05/01/2017, F
Baia, por ÚNICO DO PURUNÃ (B252084) e FEITA A MÃO DO MAKO (B412140)
Criador: AGROPECUÁRIA DO MAKO LTDA
Expositor: ANDRÉ LUIS VAZ MACHADO E VOLNEI XAVIER
Estabelecimento: CABANHA DON DILÓ E CABANHA DO MAKO, RIO DE JANEIRO- RJ

Reservada Grande Campeã
SORTE GRANDE DO RECANTO CRIOULO, RP 557, B494692, NMGC 6, 30/09/2015, F Gateada, por MAÑANERO MANICERO (B262648) e HEGIRA DA VILA VELHA (B153700)
Criador: ADELMO HESS
Expositor: ADELMO HESS E MARCO CHIODINI
Estabelecimento: ESTÂNCIA TRÊS COXILHAS E ESTÂNCIA ANGELIN, Barra Velha e Jaraguá do Sul- SC

3ª Melhor Fêmea
DOM ALBERTO QUATIARA, RP 404, B519887, NMGC 6, 03/09/2016, F Baia, por HERDEIRO MARUPÁ (B337269) e DOM ALBERTO LIGADA (B370507) Criador: FERNANDO ALBERTO SCHOLZE
Expositor: SAMANTA SCHLIKMANN
Estabelecimento: CABANHA VÁRZEA DAS CANOAS, GRAVATAL- SC

4ª Melhor Fêmea
JOAQUINA DA FAZFAR, RP 191, B518573, NMGC 6, 04/12/2016, F Colorada, por BUENAÇO DA MAIOR (B226846) e RANCHEIRA DO BARULHO (B247465) Criador: RICARDO PINTO FARIA E OUTRO
Expositor: RICARDO PINTO FARIA E OUTRO
Estabelecimento: FAZENDA FARIA, Piedade- SP

MACHOS

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão
CHAMAMÉ 188 MONTEVIDEO, RP 188, B506934, NMGC 7, 30/10/2016, M Colorada, por AS MALKE VULTO (B351128) e CHAMAMÉ 103 AQUARELA (B289840)
Criador: FÁBIO SCARPIM RAMON
Expositor: DINO ANTONIO ZARDO
Estabelecimento: FAZENDA RINCÃO DAS LARANJEIRAS, Paranhos- MS

Reservado Grande Campeão
AS MALKE CACHIMBO, RP 1117, B427520, NMGC 6, 02/12/2013, M Zaina, por AS MALKE SEDUTOR-TE (B269661) e AS MALKE QUEIMADA (B246210) Criador: JOSÉ SCHUTZ SCHWANCK
Expositor: LUIZ ALBERTO MENEZES DA COSTA
Estabelecimento: CABANHA M COSTA, CANOAS- RS

3º Melhor Macho
SENADOR DO PONCHO NEGRO, RP 139, B498656, NMGC 7, 28/01/2016, M Gateada, por EMBAIXADOR DO PONCHO NEGRO (B214561) e CENSURA DA SEVILHA (B167365)
Criador: ALTAIR MENOSSO DA COSTA
Expositor: HEDER DE OLIVEIRA SANTOS
Estabelecimento: CABANHA PONCHO NEGRO, CURITIBA- PR

4º Melhor Macho
ESTRIBILLO DA FAZFAR, RP 33, B371310, NMGC 5, 24/11/2011, M Lobuna, por URUGUAIO DO PURUNÃ (B252087) e ARC APARECIDA (B216462) Criador: RICARDO PINTO FARIA E OUTRO
Expositor: RICARDO PINTO FARIA E OUTRO
Estabelecimento: FAZENDA FARIA, Piedade- SP

Foto: Fagner Almeida

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked