Morre BT Hebreu, cavalo da raça Crioula

Morreu no dia 22 de abril, em Pelotas (RS), o exemplar da raça Crioula BT Hebreu, tordilho que em 2001 conquistou o Freio de Bronze.

Filho de La Invernada Hornero e BT Tirana, o reprodutor tinha 24 anos e pertencia à Cabanha Mapocho desde 1996.

Antes de chegar ao pódio da maior prova da raça Crioula, BT Hebreu já havia sido finalista em 1998 e 1999.

“Foi o cavalo que nos incentivou a iniciar a criação de Crioulos, foi com ele que começamos nossa história na raça”, ressalta Cláudia Sant’Anna, uma das titulares da Mapocho.

Leave a comment

Please be polite. We appreciate that. Your email address will not be published and required fields are marked